Questão 3

Leia o seguinte fragmento de I-Juca Pirama, de Gonçalves Dias.
 
II
Em fundos vasos d'alvacenta argila
            Ferve o cauim;
Enchem-se as copas, o prazer começa,
            Reina o festim.
 
O prisioneiro, cuja morte anseiam,
            Sentado está,
O prisioneiro, que outro sol no ocaso
            Jamais verá!
 
A dura corda, que lhe enlaça o colo,
            Mostra-lhe o fim
Da vida escura, que será mais breve
            Do que o festim!
 
Contudo os olhos d'ignóbil pranto
            Secos estão;
Mudos os lábios não descerram queixas
            Do coração.
 
Mas um martírio, que encobrir não pode,
            Em rugas faz
A mentirosa placidez do rosto
            Na fronte audaz!

DIAS, Gonçalves. I-Juca Pirama. In: I-Juca Pirama seguido de Os Timbiras. 
Porto Alegre: L&PM Pocket, 1997. p. 13.
 
Durante o Romantismo, foram simultaneamente escritos poemas com características líricas e épicas. Nessa perspectiva, o fragmento de I-Juca Pirama constitui uma mistura de gêneros por
a)
b)
c)
d)
e)
Carregando equações...
Já é cadastrado? Faça o Login!