Questão 3

(UFU)
 
A pintura e a escrita em latim eram práticas  das elites artísticas e intelectuais indígenas  no processo de conquista e colonização da América.  O estudo de tais práticas permite, assim,  analisar aspectos da participação dessas elites  naquele período histórico.
 
Texto 1
Na metade do século XVI, um pintor nativo mexicano,  batizado Juan Gerson, criou um extraordinário  ciclo de pinturas para a igreja franciscana  de Tecamachalco, no atual estado de Puebla.  O ciclo representa os eventos bíblicos do Apocalipse,  no formato oval, pintados em papel amate,  tradicionalmente usado pelos mexicas.
 
  PERRY, Richard. Mexico’s fortress monasteries. Espadana,  1993. Trecho disponível em:  <http://www.colonial- mexico. com/PueblaTlaxcala/apocalypse.html, com acesso em  05/07/2012. Acesso em: 3 jul. 2012. (adaptado)
 
Texto 2
Os espanhóis, assustados ao ver os progressos da adoção da escrita em latim entre os índios, escreviam já na década de 1540: "Os índios têm escritores tão bons e tão numerosos que não sei dizer o número deles, e esses escritores redigem cartas que os colocam a par de todos os negócios do país de um mar a outro, o que antes da Conquista
era coisa impossível."
 
GRUZINSKI. Serge. O Renascimento ameríndio. In. NOVAES, Adauto. A outra margem do Ocidente. São Paulo: Companhia das Letras, 1999. p. 294. (adaptado) 
 
As informações sobre as práticas artísticas e intelectuais da elite indígena no processo de conquista e colonização da América evidenciam:
a)
b)
c)
d)
Carregando equações...
Já é cadastrado? Faça o Login!