Texto: Fatores Locacionais da Indústria

Fatores Locacionais da Indústria

Uma unidade industrial, ao definir sobre sua instalação em determinado local, deve levar em consideração a existência ou não de alguns fatores para o seu funcionamento. Esses fatores imprescindíveis para a instalação de indústrias são denominados fatores locacionais e podem variar de acordo com o tipo de indústria e daquilo que será produzido por ela e das vantagens financeiras oferecidas em cada localidade.

 

 

Dentre os principais fatores locacionais, podemos fazer referência aos seguintes:

 

  • Mão de Obra: refere-se à disponibilidade populacional apta para trabalhar em determinado tipo de indústria. Além da quantidade de mão de obra, também se leva em consideração, dependendo da necessidade da indústria, a qualificação dos trabalhadores. Atualmente, em muitas unidades industriais modernas, que utilizam elevada mecanização em seu processo produtivo, a necessidade de trabalhadores é menor; no entanto, a mão de obra contratada deve ser altamente qualificada. Vale lembrar ainda que a maior parte dos trabalhadores está reunida nas cidades, daí o fato de as indústrias serem atividades essencialmente urbanas.
 
  • Matéria-prima: envolve os recursos materiais básicos para que seja possível fabricar produtos. Hoje em dia, em função do grande avanço dos meios de transportes, a maior parte das indústrias não precisa estar próxima às suas fontes de matérias-primas, uma vez que elas podem ser transportadas até as unidades produtivas. Exceção é feita para as indústrias de base, como as metalúrgicas, siderúrgicas e petroquímicas. Esse tipo de indústria necessita de imensas quantidades de matérias-primas, o que acaba tornando inviável seu transporte, daí a necessidade dessas unidades produtivas ainda se localizarem próximas às suas fontes de material. 
 
  • Vias de Transporte: são fundamentais para o recebimento da matéria-prima e para o fornecimento dos produtos para o mercado consumidor, além de também serem essenciais para o acesso dos trabalhadores às unidades produtivas. Cada tipo de indústria possui um meio de transporte adequado, que pode ser rodoviário, ferroviário, aeroviário ou aquaviário.
 
  • Fontes de Energia: cada tipo de indústria necessita de quantidades diferentes de energia. As primeiras indústrias que se desenvolveram na Inglaterra durante a Primeira Revolução Industrial utilizavam o carvão mineral como fonte energética e instalavam-se próximas às suas fontes. Atualmente, as indústrias observam se as localidades oferecem redes de transmissão e fornecimento de energia.
 
  • Mercado Consumidor: antes de se instalar em determinada localidade, as indústrias analisam a amplitude e o poder aquisitivo do mercado consumidor. Em função da atual evolução dos meios de transporte, as indústrias não necessariamente estão localizadas próximas aos seus mercados consumidores, já que seus produtos podem chegar até eles por meio das vias de transporte.
 
  • Incentivos Fiscais: refere-se a um fator locacional mais contemporâneo, típico da Terceira Revolução Industrial. Eles envolvem as vantagens oferecidas pelos governos locais interessados na instalação de indústrias em seus territórios. Como exemplos de incentivos fiscais, podemos citar a redução ou a isenção da cobrança de impostos, a doação de terrenos e até mesmo a construção pelo poder público de parte da infraestrutura necessária para o funcionamento da indústria. Nas últimas décadas, tornou-se comum que cidades, estados e países passassem a competir entre si para ver quem oferecia mais vantagens fiscais para a instalação de determinadas unidades produtivas.
 
  • Meios de Comunicação: é um fator contemporâneo fundamental para que as administrações das indústrias estejam constantemente em contato com seus fornecedores e consumidores. Envolve a disponibilidade de redes de telefonia e internet. 

Os Fatores Locacionais para as Indústrias. Elaborado pelo Autor

 

Percebemos, portanto, que os fatores locacionais para a instalação de unidades produtivas industriais variam de acordo com o tipo de indústria e com o tempo histórico. Para as primeiras indústrias que se desenvolveram nos séculos XVIII e XIX, era fundamental que as unidades produtivas estivessem geograficamente próximas às suas fontes de matéria-prima, energia, mão de obra e mercado consumidor. Atualmente, esses fatores continuam sendo importantes, contudo, tornaram-se secundários. As indústrias dão mais importância às vantagens fiscais (vantagens financeiras), à disponibilidade dos meios de comunicação e às vias de transportes, já que, com meios de transporte eficientes, a matéria-prima, os produtos e os trabalhadores podem se deslocar de um local a outro sem a necessidade de as indústrias estarem próximas às suas fontes.

 

 

Em Resumo

As indústrias, para se instalarem em determinado local, levam em consideração a existência de alguns fatores; dentre eles, podemos citar a oferta de mão de obra, matéria-prima, vias de transportes, fontes de energia, mercado consumidor, incentivos fiscais e meios de comunicação. Tais fatores podem variar com o tempo histórico e com o tipo de indústria.

Já é cadastrado? Faça o Login!