Texto: A Arte Impressionista

A Arte Impressionista

O impressionismo é um movimento artístico surgido na França no final do século XIX. Esse movimento pregava a valorização das cores e a exploração de suas intensidades, além do exercício pleno da sensibilidade do artista. 

 

 

Esse movimento artístico revolucionou a pintura, ao mesmo tempo em que foi um ponto de partida para as grandes modificações e as novas tendências que caracterizaram a arte do século XX. 

 

Por trazer em sua essência um realismo mais eloquente e objetivo, pode-se dizer que o impressionismo foi uma reação ao romantismo da época. De modo geral, o impressionismo abriu caminho para as manifestações artísticas subsequentes. 

 

Os artistas impressionistas buscavam retratar, em suas obras, o efeito da luz do sol sobre a natureza. Diante dessa proposta, as pinturas eram realizadas em lugares abertos, ao ar livre. Eles acreditavam que a luz natural do sol transformava as cores dos ambientes. 

 

Assim, a mesma cena, retratada em horários diferentes e, portanto, sob condições de luminosidade variadas, resultaria em obras diferentes. De acordo com os conceitos impressionistas, os objetos deveriam ser retratados como se recebessem total iluminação solar, valorizando-se assim as cores da natureza. 

 

As cenas e os objetos não deveriam apresentar nitidez nos contornos, e a cor preta não poderia ser utilizada jamais, uma vez que até mesmo as sombras deveriam ser claras, luminosas e coloridas, reforçando a ideia de harmonia, felicidade e beleza. O que mais importava para os pintores impressionistas, era a primeira impressão da imagem e o efeito desse momento único sobre o observador, pois o momento seguinte sempre será diferente.

 

Os artistas dessa escola usavam cores puras e fortes, com jogos de sobreposição que revelavam tons intermediários que davam uma impressão de transparência e luminosidade. O primeiro contato do público com a pintura impressionista aconteceu em Paris, numa exposição coletiva realizada em 1874. 

 

A reação da crítica e do público não poderia ter sido pior, uma vez que ainda eram completamente fiéis aos princípios acadêmicos da pintura. Na última exposição impressionista de que se tem notícia, o trabalho dos pintores Seurat e Signac já indicava o caminho para o neoimpressionismo. Os pintores Vincent Van Gogh e Gauguin contribuíram com sua obra para o nascimento do que se conheceria por arte moderna, ao lado de Cézanne e outros pintores da época.

 

 

Principais Características da Pintura Impressionista

 

  • Valorização da luz natural do sol;
  • Preferência pelos temas da natureza, principalmente pelas paisagens;
  • Utilização de sombras luminosas e coloridas;
  • Uso da decomposição das cores;
  • Pinceladas soltas e livres, valorizando o movimento natural da cena.

 

Principais Artistas Impressionistas

 

  • Claude Monet
  • Auguste Renoir
  • Edgar Degas
  • Georges Seurat

 

Em Resumo

O impressionismo foi um movimento artístico surgido na França, já no final do século XIX. Além do exercício da plena liberdade criadora do artista, a arte impressionista pregava a extrema exploração das cores e de suas tonalidades, bem como de suas variações sob a luz natural. Os principais artistas desse movimento foram Claude Monet, Auguste Renoir, Edgar Degas e Georges Seurat. 

Já é cadastrado? Faça o Login!