Texto: Pronomes

Pronomes

Pronome é a classe de palavra (variável em gênero, número e pessoa) que acompanha ou representa o substantivo. Serve para apontar uma das três pessoas do discurso ou situá-las no espaço e no tempo.


Pronomes Pessoais

Os pronomes que substituem os substantivos são denominados de pronomes pessoais. Observe:
 
  • Eles indicam diretamente as pessoas do discurso: quem fala ou escreve assume os pronomes eu ou nós. 
  • Já os pronomes tu, vós, você ou vocês são usados para designar a quem se dirige o discurso, ou seja, o interlocutor. 
  • Já os pronomes ele, ela, eles ou elas fazem referência à pessoa ou às pessoas de quem se fala. 
 
Os pronomes pessoais podem variar de acordo com suas funções em uma oração, sendo assim eles podem ser do caso reto ou do caso oblíquo.
 

Pronome Pessoal do Caso Reto

Quando em uma oração o pronome estiver exercendo a função de sujeito, teremos ali um pronome pessoal do caso reto.
 
 
Esse tipo de pronome apresenta flexões que podem ser de número, pessoa e gênero (somente na 3ª pessoa). 
 
Observe abaixo o quadro dos pronomes pessoais do caso reto: 
 
  • 1ª pessoa do singular: eu
  • 2ª pessoa do singular: tu
  • 3ª pessoa do singular: ele, ela
  • 1ª pessoa do plural: nós
  • 2ª pessoa do plural: vós
  • 3ª pessoa do plural: eles, elas


Pronome Pessoal do Caso Oblíquo

Quando o pronome tem a função de complemento em uma frase, ele é denominado de pronome pessoal do caso oblíquo. 

Ele é uma variante do pronome pessoal do caso reto, o que indica funções diferentes em uma frase: o caso reto demarca o sujeito, enquanto o oblíquo marca o complemento da oração. 

 

Pronome de Tratamento

Observando seu cotidiano, vamos analisar um pouco. Você tem as mesmas atitudes em todos os locais a que você vai? Você conversa da mesma forma com todas as pessoas que encontra, independentemente do lugar em que estiver?

Sabemos que, quando estamos em uma situação de convívio diário, temos uma linguagem mais desprovida de formalidades, mais informal, íntima. Quando estamos em um ambiente de maior prestígio social, no qual estão demarcados os graus hierárquicos mais elevados, necessitamos de uma linguagem mais elaborada, formal. 

Para melhor trabalharmos com as formas de tratamento, nós temos os pronomes de tratamento. Vejamos quais são:

 

Pronomes Possessivos e Pronomes Demonstrativos 

Pronome possessivo é o tipo de pronome que indica a que pessoa do discurso pertence o elemento referido.
 

Observe que a forma do possessivo depende da pessoa gramatical a que se refere, e o gênero e o número concordam com o objeto possuído.

    
Quando o pronome possessivo determina mais de um substantivo, ele deverá concordar em gênero e número com o substantivo mais próximo.


Pronomes Demonstrativos

Os pronomes usados para mencionar a posição de uma palavra em relação a outras ou em relação ao contexto são denominados de pronomes demonstrativos. Observe o exemplo abaixo: 
 
 
O pronome este, no exemplo acima, refere-se ao substantivo CD, localizando-o próximo à pessoa que fala (1ª pessoa). 

Vejamos um quadro com os pronomes demonstrativos:


Existem ainda outros pronomes demonstrativos. Vejamos:
  • o, a, os, as: quando são usados no lugar de isto, isso, aquele, aquela, aqueles, aquelas.
 
  • mesmo e próprio: usados para reforçar os pronomes pessoais ou para fazer referência a algo expresso anteriormente.
 
  • tal e semelhante: usados como equivalentes dos pronomes esse, essa, aquela.
 

Emprego dos Pronomes e monstrativos

Os pronomes demonstrativos podem ser empregados de acordo com a relação de espaço, tempo e dos referentes. Observe abaixo cada situação. 


Em Relação ao Espaço

  • Este(s), esta(s) e isto: os pronomes citados sugerem o que está perto do falante. 
 
  • Esse(s), essa(s) e isso: indicam o que está perto do interlocutor, ou seja, perto da pessoa com quem se fala. 
 
  • Aquele(s), aquela(s) e aquilo: indicam o que está distante de ambos os interlocutores, ou seja, tanto da pessoa que fala quando da pessoa com quem se fala.
 

Em Relação ao Tempo

  • Este(s), esta(s) e isto: sugerem o tempo presente de acordo com a pessoa que fala.
 
  • Esse(s), essa(s) e isso: indicam tempo passado próximo ao momento da fala.
 
 
  • Aquele(s), aquela(s) e aquilo: sugerem um tempo afastado, remoto. 
 

Quando São Usados como Referente

  • Este(s), esta(s) e isto: quando são usados como referente, sugerem algo sobre o qual ainda será dito: 
 
  • Esse(s), essa(s) e isso: referem-se a algo já citado previamente. 
 
  • Este e aquele: referem-se a termos já citados: 
 

Em Resumo

Os pronomes que substituem os substantivos são denominados pronomes pessoais. Quando em uma oração o pronome estiver exercendo a função de um sujeito, teremos ali um pronome pessoal do caso reto. Quando o pronome tem a função de complemento em uma frase, ele é denominado pronome pessoal do caso oblíquo. 

Para melhor trabalharmos com as formas de tratamento, nós temos os pronomes de tratamento.

Pronome possessivo é o tipo de pronome que indica a que pessoa do discurso pertence o elemento referido.

Os pronomes usados para mencionar a posição de uma palavra em relação a outras ou em relação ao contexto são denominados pronomes demonstrativos. Os pronomes demonstrativos podem ser empregados de acordo com a relação de espaço, tempo e dos referentes.
Já é cadastrado? Faça o Login!