Texto: Caricaturas

Caricaturas

A caricatura é um tipo de desenho que representa um personagem da vida real, a exemplo das celebridades, dos políticos ou dos artistas. O ponto forte da caricatura é o exagero, sempre carregado de humor. Geralmente, esse exagero está presente nas características particulares do indivíduo, em seus gestos, hábitos e manias. Trata-se de um desenho caracterizado pelo uso de poucos traços e por sua distorção. As formas, quando bem exploradas, podem contar sobre traços da personalidade da pessoa desenhada.

 

 

Os críticos costumam considerar como uma boa caricatura aquela que, com o menor número de traços, consegue a máxima expressividade. A primeira caricatura que se tem notícia no Brasil foi uma crítica política de autoria de Manoel de Araújo Porto-Alegre, sendo este lembrado sempre como o pioneiro da caricatura brasileira. Seu objetivo era levar a público os assuntos em que se denunciava a corrupção política. Atualmente, é também trabalhada em sua versão ao vivo, em que o artista faz, na hora, a caricatura que lhe é pedida. 

 

Uma boa caricatura tem o poder de transmitir rapidamente a imagem de uma pessoa. Para fazer um bom trabalho, é importante que o artista observe a pessoa a ser desenhada e perceba suas características mais marcantes, o que a torna diferente e especial.

 

 

No início, essa arte era considerada apenas um divertimento. Contudo, tornou-se uma atividade artística e estabeleceu-se como tal. É preciso que se entenda a diferença entre alguns termos para compreendê-la melhor. Na caricatura pessoal, utiliza-se da exacerbação das características físicas da pessoa. É importante não deixar que o exagero faça com que a essência da pessoa se perca. 

 

A charge e o cartum são modalidades diferentes de manifestação caricatural. O ponto alto dessas modalidades é uma determinada situação, pessoa ou um fato acontecido. A diferença entre a charge e o cartum é que a primeira trata de um fato que aconteceu numa determinada época, dentro de um determinado contexto cultural, político e econômico. Para que o leitor a entenda, ele precisa conhecer os fatos que a envolvem. Enquanto isso, o cartum conta um fato que não depende do conhecimento prévio de um determinado contexto para ser compreendido, sendo atemporal – são muito comuns os cartuns sem o acompanhamento de textos.

 

 

Em Resumo

A caricatura tem seu espaço reconhecido e respeitado no contexto artístico. Ela se apresenta como uma linguagem carregada de humor crítico e sarcástico e se aproveita dos detalhes que podem ridicularizar, constranger ou descaracterizar uma pessoa. Tem sido presença constante em festas e eventos, como uma atração ao vivo, em que os artistas fazem seu trabalho na hora, diante do convidado.                                                                       

Vamos Praticar?
Já é cadastrado? Faça o Login!