Texto: Outros Artistas Expressionistas

Outros Artistas Expressionistas

Outros importantes representantes da arte expressionista brasileira são Oswaldo Goeldi e Candido Portinari. Vamos conhecer um pouco sobre a vida e a obra desses artistas.

 

Oswaldo Goeldi

Oswaldo Goeldi nasceu no Rio de Janeiro e foi um importante representante do modernismo brasileiro, identificando-se com o movimento expressionista. Sua obra traduzia a solidão do homem moderno e sua alienação. Ele é considerado o mais exímio artista da xilogravura que o Brasil conheceu. Foi premiado na primeira bienal de São Paulo como o melhor gravador brasileiro, e seus desenhos apresentavam linhas tensas e distorções lineares, revelando um mundo repleto de uma realidade fantasmagórica.

 

 

Candido Portinari 

Candido Portinari é um dos mais prestigiados artistas do Brasil, sendo o pintor brasileiro que alcançou maior projeção internacional. Filho de imigrantes italianos, nasceu em 29 de dezembro de 1903 numa fazenda de café localizada no interior do estado de São Paulo.

 

Ainda na infância, sua vocação artística floresceu, mas recebia uma educação deficiente e sequer concluiu o ensino primário. Aos 14 anos, trabalhou como ajudante de um grupo de pintores e escultores italianos que restauravam igrejas e passavam pela cidade de Portinari. 

 

Já aos 15 anos, Portinari deixou São Paulo e foi para o Rio de Janeiro, onde estudou na Escola Nacional de Belas Artes. Durante seus estudos, se destacou e chamou a atenção dos mestres e da imprensa. Portinari viveu dois anos em Paris e lá teve contato com importantes artistas. Também em Paris conheceu Maria Martinelli, uma jovem uruguaia com quem o artista passou o resto de sua vida. Em 1931, Portinari voltou ao Brasil e sua obra sofreu uma tremenda transformação, valorizando a cor e abandonando a tridimensionalidade. 

 

Paulatinamente, Portinari deixou de lado a pintura a óleo e passou a se dedicar à pintura de murais e afrescos. Ele foi muito ativo politicamente, chegando a se candidatar a deputado federal em 1945 pelo Partido Comunista Brasileiro e a senador no ano de 1947. 

 

Diz-se que recomendações médicas proibiam Portinari de pintar e viajar com tanta frequência. Ignorando tais recomendações, no começo de 1962, ele aceitou o convite da prefeitura de Barcelona para uma grande exposição, com 200 trabalhos seus. Ao trabalhar desenfreadamente, a intoxicação com a qual Portinari já havia tido problemas anteriormente assumiu proporções fatais. No dia 6 de fevereiro do mesmo ano, o artista faleceu intoxicado pelas telas que produzia. Ele foi sepultado no Rio de Janeiro, no cemitério São João Batista. 

 

Entre as obras mais famosas destacam-se os painéis “Guerra e Paz”, os quais foram oferecidos como presente à sede da ONU, em Nova Iorque. Em seus trabalhos, Portinari revelava questões sociais sem constrangimentos com o governo, ao mesmo tempo em que conseguia se aproximar da arte moderna europeia sem se afastar do grande público. 

 

O resultado final da obra de Portinari é uma produção com características modernas que se aproxima do cubismo e do surrealismo sem se distanciar por completo da pintura tradicional e da arte figurativa.

 

Em Resumo

Oswaldo Goeldi e Cândido Portinari também foram grandes representantes do expressionismo no Brasil. Oswaldo Goeldi teve sua obra marcada pelo desejo de revelar a solidão humana em muitas facetas. Cândido Portinari, um dos nomes mais importantes da arte brasileira, além de artista, se envolveu com a política. Considerado por vários como um homem muito à frente de seu tempo, permitiu-se trabalhar com diversos estilos e conceitos, revelando em todos eles um incrível senso estético e uma imensa capacidade criadora. 

Vamos Praticar?
Já é cadastrado? Faça o Login!